Notícias

Ver todas

Editais

Ver todas

Acesso Rápido

Ver todas

Eventos

  • Notícias Site - 300x180px - festival de fotografia 2022

    GOYAZES Festival de Fotografia Goiânia 2022 - OCUPAÇÃO DO MIS

    03 - 30

    O FESTIVAL 2ª EDIÇÃO­­

    A 2a Edição do GOYAZES – Festival de Fotografia 2022, é uma ação continuada do festival realizado em 2017, considerando a grande repercussão e aceitação da primeira edição, quando tivemos mais de 60 mil visualizações do site, mais de 500 inscritos nas convocatórias contando com a participação de 16 estados brasileiros e o Distrito Federal, registramos 2.900 visitas às exposições presenciais, 1.140 participantes nas atividades de palestras, workshops e leituras de portfólio, atendemos a 10 escolas nas visitas de arte educação, com reconhecimento e aprovação na fala da Secretária Estadual de Cultura durante a abertura do Festival – ´Que seja o primeiro de muitos!´.

    Confirmando assim uma carência por esta demanda, uma aspiração legítima dos amantes da fotografia em nosso estado.

    Nesta edição queremos continuar e desenvolver toda a série de atividades que compõe o festival, a fim de construir e fortalecer um espaço dedicado à crítica e ao entendimento deste intenso processo de produção, distribuição e consumo de imagens no Brasil contemporâneo.

     

     

    PROPOSTA

    Temos em Goiás um grande número de profissionais e estudantes ligados à produção fotográfica: fotógrafos, professores, coordenadores de artes visuais, jornalistas, publicitários, universitários, repórteres sociais, acadêmicos e amadores e, em contrapartida, agora temos um incentivo específico, uma forma de levar mais cultura e atualização fotográfica aos interessados nesta arte, que poderão se beneficiar com visitas às exposições, participando nas palestras, oficinas, convocatória. Atividades que podem contribuir na formação histórica, estética, técnica, artística dos profissionais e novos fotógrafos do estado.

    Para as atividades da segunda edição do festival, propomos apresentar durante dez dias o total de vinte e cinco (25) ações, sendo 6 exposições virtuais, 11 palestras, 2 mesas, 3 oficinas virtuais e presenciais, 1 curso, premiações e leituras de portfólios. Ações serão apoiadas com convidados locais, nacionais e internacionais, reconhecidos no cenário da fotografia brasileira e cinco artistas que serão apresentados através de convocatória estadual, que terão os trabalhos inscritos no edital do Prêmio Goyazes 2022.

     

    Dentro da proposito inicial da Lei Aldir Blanc Federal em alinhamento com a Secult, a nossa proposta considera como prioridade o apoio às trabalhadoras e trabalhadores da arte e da cultura atuantes e residentes em Goiás, afetados pelas consequências do estado de calamidade pública, afim de diminuir o impacto socioeconômico no setor artístico-cultural no Estado de Goiás, promover e divulgar a produção artística e cultural do estado de Goiás e disponibilizar conteúdos artísticos e culturais para a população, por meio de ações de formação cultural e premiações. Nesse sentido concentramos a grande maioria de nossas ações utilizando profissionais, convidados e premiados do Estado de Goiás, sendo beneficiados diretamente 28 pessoas locais, 3 nacionais e 4 estrangeiros, perfazendo um total de 79,99 % de profissionais Goianos.

     

     

    ACESSIBILIDADE

     

    Além das exposições fotográficas, palestras e prêmios o GOYAZES Festival de Fotografia 2022, propõe realizar 3 Oficinas, sendo um deles voltados ao público infantil, outro para os Idosos e um terceiro aberto a todos interessados.

    Todas as atividades propostas neste projeto são acessíveis a plateias diversificadas, possibilitando a contribuição, tanto a formação de público quanto a continuada formação artística de novos fotógrafos. Assim, o GOYAZES pretende se firmar no calendário cultural da cidade, trazendo mais conhecimento e reflexão, incentivo e reconhecimento aos que trabalham e estudam a imagem, a fotografia. E pode cumprir a função de colaborar para o desenvolvimento e profissionalização das artes visuais em Goiás e região.

     

     

    DEMOCRATIZAÇÃO

     

    Visitas de arte-educação estarão abertas sem aviso prévio, podendo escolas, alunos e professores da rede pública e privada interessados, entrarem na plataforma do Festival que ficará permanentemente disponível, on-line na internet, a fim de que, todos possam conhecer as exposições, assistir as palestras, mesas e curso.

    Apostando assim na combinação entre a emoção e o conhecimento, um material informativo, texto e vídeos, acerca das exposições e encontros será disponibilizado para estudo, permitindo reflexões que perdurem mesmo após o festival.

     

     

    OCUPAÇÃO DO MIS

    “O MIS É NOSSO SIM” é uma ocupação cultural que acontece no Museu da Imagem e do Som de Goiás – MIS, de 03 de agosto a 30 de setembro de 2022. O objetivo é democratizar a arte fotográfica, ampliando o acesso aos bens culturais do MIS na sua pluralidade, criando novos olhares e releituras do museu, contribuindo assim, para uma maior fruição entre a instituição e a comunidade. A programação contempla duas exposições fotográficas com quatro artistas visuais, publicação de catálogos, realização de pesquisa e vídeodocumentário, vivências fotográficas, rodas de conversa, oficinas, visitas mediadas online e presencial. O projeto é contemplado pelo edital de ocupação de museus e galerias de arte, do Fundo de Arte e Cultura do Estado de Goiás, edição 02/2017, sendo realizado pela WA Imagem Fotografia e Produção Cultural.

    CRIS BIERRENBACH

     

    A série Noivas – Aluguel e Venda, realizada em 2004 é composta por dez autorretratos, todos realizados na rua São Caetano em São Paulo, conhecida como “a rua das noivas” por ser praticamente toda ela voltada para este tipo de comércio. Visitei vários estabelecimentos onde solicitava o empréstimo de um vestido de suas coleções para me...

    - H ÀS H

    [VER +]

    CECÍLIA ARAÚJO

     

    Perceber-se estrangeira, deslocada, não representada. Resgatar uma autoestima destruída pelos padrões eurocêntricos de beleza. Ser constantemente preterida, seja no trabalho ou nas relações afetivas. Lutar a cada instante pelo direito de ser e estar....

    - H ÀS H

    [VER +]

    MARIANA CAPELETTI

     

    O Brasil sofreu em 1964 um golpe militar que resultaria em 20 anos de censura e ceifando as liberdades individuais e coletivas inerentes à Democracia. Entre 1970 e 1974, ocorreu na Região Norte do país a Guerrilha do Araguaia, um movimento que buscava combater o Regime Militar e semear a revolução a partir do campo. Tal movimento foi fortemente...

    - H ÀS H

    [VER +]

    LUIZ PUCCI

     

    Luiz Pucci - É favor me olhar com cuidado é o título da presente exposição, cuja proposta curatorial vem oferecer ao público uma seleção de cinquenta e seis retratos fotográficos individuais ou coletivos, escolhidos em um álbum pertencente à coleção do autor conservada hoje no Museu da Imagem e do Som de Goiás. É favor me olhar com cuidado...

    - H ÀS H

    [VER +]

    LAMBE-LAMBE

     

      O catálogo “Lambe-lambe em Goiânia: histórias que se revelam nas ruas e nos retratos”, como o próprio título diz, vai se revelando aos poucos, à medida que andamos pelas ruas de Goiânia, falamos com os cinco fotógrafos (José Barreto de Novaes, Carlos Antônio de Moraes, Marcos José de Jesus, Jonas Barreto dos Santos e Nádia Barbosa)...

    - H ÀS H

    [VER +]
    fonte: https://goyazes.art.br/ocupacaodomis/
Ver todos