Weby shortcut

(RE)CONFIGURAÇÕES DE SABERES. UM ESTUDO DE TRABALHOS COLABORATIVOS ENTRE ARTISTAS E CIENTISTAS.

Atualizado em 10/08/17 11:52.

 

A complexa relação entre arte e ciência tem sido retomada recentemente, sobretudo a partir da última década do século 20, quando um número crescente de artistas passou a migrar de seus ateliês para o interior de laboratórios científicos, sobretudo na área de biologia molecular. Ao utilizarem os princípios, instrumentos, ou contextos institucionais da ciência, esses artistas aproximam-se e apropriam-se das práticas da zoologia, botânica, ornitologia e outras áreas de conhecimento, criando complexas visualidades e narrativas, instalações e ambientes. A partir de um diálogo entre a história da arte, a história e a sociologia da ciência e os estudos de cultura visual, esse projeto investiga os processos de interação entre artistas e cientistas, tendo a imagem como mediadora. De que maneira o saber científico é lido e reconfigurado pela arte, como a arte pode contribuir para a construção do conhecimento científico; como os espaços de produção e sociabilidade são (re)definidos - ateliê e laboratório; como se desenvolvem os processos de criação de artistas e cientistas, são as principais questões a serem investigadas nesse projeto.

Listar Todas Voltar