Weby shortcut 1a5a9004da81162f034eff2fc7a06c396dfddb022021fd13958735cc25a4882f

Notícias

Opções Avançadas   Busca exata   Todas as palavras   Qualquer uma das palavras
Disciplinas
Em 10/12/2013 às 09:12

O aluno deverá cumprir duas disciplinas obrigatórias e um mínimo de três eletivas, totalizando 20 créditos para o curso de Mestrado e para o curso de Doutorado, o aluno deverá cumprir três disciplinas obrigatórias e um mínimo de três eletivas, totalizando 24 créditos.

Docente

Apresentação do Programa
Em 10/12/2013 às 08:51

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Arte e Cultura Visual-Mestrado e Doutorado organiza-se em torno da área de concentração Arte, Cultura e Visualidades e possui três linhas de pesquisa:

Marcelo Mari
Em 10/12/2013 às 08:44

Marcelo Mari <marcelomari.fav@gmail.com>

 

  • Projetos de pesquisa
  • A trajetória de Mário Pedrosa nos Estados Unidos e seus desdobramentos na arte brasileira
  • Núcleo de Estudos Mário Pedrosa

Situação: Em andamento;

Natureza: Pesquisa;

Integrantes: Marcelo Mari - Coordenador.

 

  • Áreas de interesse

 História, Teoria e Relações Sistêmicas da Arte

 

Docente

Anahy Mendonça Jorge
Em 09/12/2013 às 14:59

Anahy Mendonça Jorge <anahymjorge@gmail.com>

 

  • Projetos de pesquisa

 

  • Áreas de interesse

 

Docente

Alice
Alice Fátima Martins
Em 27/09/2013 às 14:57

Alice Fátima Martins <profalice2fm@gmail.com>

 

  • Projetos de pesquisa:

    Título: VISUALIDADES CONTEMPORÂNEAS

    Neste projeto de pesquisa são discutidas algumas questões relativas às imagens que são produzidas, e circulam nos múltiplos cenários da cultura contemporânea. Sua ênfase está, sobretudo, nos circuitos mais populares, entre práticas artesanais e articulações com imagens técnicas, nos fluxos de imagens entre os diversos públicos, nos ambientes escolares, salas de projeção, mídias em geral, e nos processos educativos, em ambientes diversos, que atuam na formação dos sujeitos contemporâneos para interagir e se apropriar das dinâmicas dessas visualidades – ou refutá-las.

    Para tanto, o projeto envolve alguns subprojetos, intercomplementares, com espaços para acolher novas propostas, bem como redimensionar suas articulações, abrindo-se à possibilidade de integrar redes de discussão e investigação.

    Três subprojetos instauram o campo inicial, a partir dos quais a trama de discussões deve se desenvolver, em rede, de modo rizomático. São eles:

    a) Visualidades contemporâneas em contextos de educação formal e não-formal

    b) Outros fazedores de cinema

    c) Oficina dos fios: práticas artesanais e experiências estéticas contemporâneas

 

  • Áreas de interesse

    linha (c)

    • Relações entre cinema e cultura visual
    • Imagens técnicas e cultura contemporânea
    • Visualidades em espaços de educação formal e não-formal
Docente

Cleomar
Cleomar Rocha
Em 27/09/2013 às 14:55

Cleomar Rocha <cleomarrocha@gmail.com>

  • Projetos de pesquisa

Interfaces computacionais: físicas, perceptivas e cognitivas


A pesquisa, intitulada Interfaces computacionais: físicas, perceptivas e cognitivas, centra-se nas áreas de Comunicação, Arte e Tecnologia, em desenvolvimento na Faculdade de Artes Visuais – FAV / UFG, visando ao aprofundamento de estudos na área de interfaces computacionais e seus desdobramentos. Este estudo está voltado para os meios tecnológicos computacionais e IHC – Interação Homem-Computador – e discute a definição, a concepção, o desenvolvimento e a avaliação das interfaces e seus meios de interatividade com o ser humano, a partir de elementos físicos, perceptivos (gráficos e sonoros) e cognitivos, bem como os efeitos destes elementos nos usuários e na sociedade, nos atributos cognitivos e culturais. A equipe discute parâmetros teóricos, metodológicos e poéticos/projetuais do objeto de pesquisa, em seus eixos de articulação com as áreas de Arte (Arte e Tecnologia), Design (Gráfico, de Interfaces e de Moda) e Comunicação. A pesquisa encontra articulação com as atividades de ensino e de extensão, além de enveredar por aplicações específicas em produtos institucionais, nos âmbitos já descritos. A relevância do tema, bem como sua emergência, cria vínculos com outros grupos e pesquisadores, motivo pelo qual o grupo encabeça a Rede Nacional de Artes Interativas, que conta com quatorze instituições (UFG, UnB, UFRB, UFB, UFSC, USP, UNICAMP, UNISO, PUC-SP, Anhembi-Morumbi, UDESC, UFRGS, UFSM e MIS/SP).

Palavras-chave: interfaces computacionais, arte tecnológica, estéticas tecnológicas, design de interfaces

EQUIPE DE PESQUISA
Coordenador
Prof. Dr. Cleomar Rocha  (FAV-UFG)
Pesquisadores colaboradores
Profa. Ms. Lavinnia Seabra (FAV-UFG)
Prof. Ms. Leonardo Eloi (Fac. Cambury)
Ms. Marcilon Almeida (Nitrocorpz Design)
Prof. Ms. Márcio Rocha (FAV-UFG)
Prof. Ms. Wagner Bandeira (FAV-UFG)

Alunos
Bruno Galiza (FAV-UFG)
Cláudio Aleixo Rocha (FAV-UFG)
Edvaldo Pontes (FAV-UFG)
Flávio Gomes de Oliveira (FAV-UFG)
Vanderlei Cassiano Lopes Junior (FAV-UFG)

Técnicos
Ênia Almeida Moraes (FAV-UFG)
Wilder Fioramonte (FAV-UFG)

 

  • Áreas de interesse

Linha de pesquisa (a)  Imagem, Cultura e Produção de SentidoEstudo de imagens e visualidades artísticas, seus processos de criação, recepção, circulação e produção de sentido, articulados com a cultura.

 

Docente

Corpo Docente
Em 19/09/2013 às 15:55

Edgar Silveira Franco
Em 19/09/2013 às 15:43

Edgar Silveira Franco <oidicius@hotmail.com>
http://www.posthumantantra.legatusrecords.net/

 

  • Projetos de pesquisa

Ciberarte e Processos de Criação
Descrição: O projeto de pesquisa em poéticas visuais tem caráter teórico-prático. Ele visa a análise dos processos e procedimentos criativos envolvidos na geração de poéticas contemporâneas de base tecnológica, dando ênfase em artistas e obras emblemáticas da ciberarte e suas múltiplas tendências como arte computacional, arte telemática, HQtrônica, artes das realidades virtuais, arte da telepresença, bioarte, gamearte, arte robótica, arte transgênica, entre outras. Aliado a essa investigação teórica exploratória dos procedimentos e processos artísticos, também envolve o desenvolvimento prático de poéticas artísticas tecnológicas, entre elas os trabalhos de web arte em processo: O Mito Ômega Trabalho de ciberarte envolvendo vida artificial e algoritmos genéticos. Baseado no conceito de design evolucionário, propõe a geração de uma obra artística interativa que se inscreve dentre as pesquisas das novas poéticas digitais em que o público fruidor do trabalho participa também como interator. O trabalho, em desenvolvimento, já possui uma versão beta on-line no endereço: www.mitomega.com. Freakpedia Uma poética artística que reflete criticamente sobre as restrições advindas da participação em sistemas colaborativos no ciberespaço. O trabalho, em desenvolvimento, já possui uma versão beta on-line no endereço: www.freakpedia.org A pesquisa também proporcionará o aprimoramento de um universo ficcional, a Aurora Pós-humana , inspirado nas proposições de artistas, filósofos e teóricos que tratam das implicações do desenvolvimento crescente de tecnologias - como realidade virtual, nanoengenharia, robótica, vida artificial e engenharia genética para a espécie humana. Esse universo ficcional é a base para criações artísticas em suportes tradicionais: histórias em quadrinhos e ilustração, como também em suportes digitais através da produção de HQtrônicas (narrativas híbridas hipermídia) e música eletrônica (projeto musical Posthuman Tantra ).
Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa.
Integrantes: Edgar Silveira Franco - Coordenador.

 

  • Áreas de interesse

linha (b)

• Interfaces entre arte e tecnologia
• Ciberarte e processos criativos
• Linguagens intermídia

 

Docente

Eliane
Eliane Maria Chaud
Em 19/09/2013 às 15:40

Eliane Maria Chaud <elianechaud@hotmail.comelianechaud@gmail.com 

 

  • Projetos de pesquisa

Projeto de pesquisa artístico–teórico que se propõe a compreender a arte como lugar de interações e de relações intersociais. Inicialmente se compõe de dois subprojetos: “Poética compartilhada: processos e teorias” e “Poética compartilhada em comunidades”. O primeiro com o intuito de aprofundar em questões teóricas relacionadas a esse tipo de proposição artística, enquanto o segundo, tem como objetivo o desenvolvimento de propostas artísticas, buscando envolver os participantes e suas relações com seus contextos, um trabalho de arte desenvolvido em comunidade.

 

  • Áreas de interesse

Processos criativos em práticas artísticas contemporâneas

Proposições artísticas em comunidades

Relações entre arte e experiências cotidianas

 

Docente

Irene Tourinho
Em 19/09/2013 às 15:39

Irene Tourinho <irenetourinho@yahoo.es>

 

  • Projetos de pesquisa

    Experiência e cultura visual: estudo de concepções, narrativas, práticas e materiais para a compreensão crítica da imagem em processos educativos.

    Descrição: O projeto examina concepções, narrativas, práticas e artefatos que constituem uma pedagogia da cultura visual. Concepções indicam orientações educativas, valorativas e sociais que articulam sentidos para e a partir de imagens. Narrativas reconstroem relações de tempo, espaço e significado de experiências vividas. Práticas configuram processos de organização e de produção que demarcam experiências com e através de imagens. Artefatos concretizam idéias e ações, revelam modos de ver e privilegiam posições de sujeito que potencializam identidades e diferenças articulando noções de representação, poder e conhecimento. Os quatro eixos concepções, narrativas, práticas e artefatos são analisados e interpretados sob uma perspectiva cultural que examina vínculos com aspectos subjetivos e afetivos que instituem e reconstroem saberes e fazeres na escola.

    Situação: Em andamento;

    Natureza: Pesquisa.

    Alunos envolvidos: Graduação ( 2) / Mestrado acadêmico ( 2)

    Integrantes: Irene Tourinho – Coordenador / - Integrante: Raimundo Martins Maristela Abadia Novaes, Rogério Justino Flor, Janaina Lima, Erika Ramos

    Número de produções C, T & A: 19 / Número de orientações: 9.

 

  • Áreas de interesse

linha (c)

• Cultura, Currículo e Visualidade
• Experiência Visual e Processos de Interpretação
• Identidade e Subjetividade na Educação Visual

 

Docente